27 de out de 2011

Cinema #05 - Os Três Mosqueteiros 3D

O novo filme dirigido por Paul W. S. Anderson vem sem originalidade mas compensa no humor.


"Um por todos e todos por um"


Título Original: The Three Musketeers 3D;
Tradução: Os Três Mosqueteiros 3D;
Gênero: Ação/Aventura;
Duração: 110 min.;
País: EUA;
Estúdio: Playarte Pictures;
Direção: Paul W. S. Anderson.

Sinopse...................................................................................................................

Porthos, Athos e Aramis são três mosqueteiros que fizeram muito sucesso no passado. Agora, não mais. Passam a vida bebendo e se curvando às ordens do clero (Cardeal Richelieu - Christoph Waltz).


O jovem D'Artagnan, representado por Logan Lerman (Percy Jackson), entra no meio do trio dando esperança aos velhos mosqueteiros.


Milady (mila Jovovich) e o Cardeal Richelieu participam de uma conspiração para iniciar uma guerra entre França e Inglaterra. A missão dos mosqueteiros é impedir este plano e eliminar a possibilidade de uma possível guerra.

Crítica.....................................................................................................................

"Uma boa ideia cinematográfica pode dar certo se for guiada pelas mãos de um bom diretor".


Aqui vem o erro. Como dizia Chacrinha, "nada se cria, tudo se copia".


-Trilha Sonora: cópia de Shelock Holmes;
-Cenário (fotografia): Piratas do Caribe 4.


Talvez tenha, ainda, mais filmes nesta lista. Estes foram os que reparei de cara. Acho uma vergonha, já que os dois filmes são muito recentes. Nem o trabalho de juntar ideias de vários filmes e fazer um resumo, mas não, cópia descarada.


Aos atores, merece destaque Mila Jovovich (Resident Evil) que mostrou nas cenas de ação um trabalho beirando a perfeição. Logan Lerman também mostrou carisma (o qual também havia mostrado em Percy Jackson). Christoph Waltz (Bastardos Inglórios) mostrou imponência em seu papel de Cardeal.



Para quem quer diversão, escolheu o filme certo. Super divertido e contagiante, o personagem de Freddie Fox (Rei Louis) deu certo na trama. Orlando Bloom, apesar de eu não gostar de seu trabalho, tira boas risadas do público.


Algo que me chamou muito atenção foram os movimentos e os ângulos das câmeras. Se bem que já tinha visto isto, praticamente igual, em Piratas do Caribe 4.


Apesar de tudo, o filme é  divertido e tem cenas de ação eletrizantes. Vale a pena pagar um pouco mais 3D. Não espere O FILME!. Mas vale a pena assistir.

3D..........................................................................................................................

Impecável e ponto final.

Eu poderia parar por aí, mas devo explicar o porquê do elogio:

Há muitos filmes atrás que não me vejo uma profundidade como vi neste filme. Muitos dos filmes lançados em 3D estão apenas se aproveitando do público, pois, ao fazerem uma propaganda enganosa do filme em terceira dimensão, levam o espectador a pagar mais por menos. Acho que o último filme que assisti neste nível foi Thor.


Por ser um filme de época, traz um cenário muito bem detalhado, dando assim mais pontos positivos ao 3D e a fotografia do filme.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrava aqui seu comentário.